menu

Evite esses erros no orçamento do seu casamento

Cuidado com esses erros no orçamento do casamento

Quer você tenha R$100.000, R$60.000 ou R$30.000 para gastar, veja como organizar o orçamento para o seu casamento da maneira certa.

“Caro” e “estressante” podem ser duas coisas que vêm à mente quando você pensa em planejar o orçamento de um casamento, mas não precisam ser. Abaixo, compartilhamos os maiores erros de orçamento que você deve evitar para tornar o processo de planejamento do seu casamento o mais divertido e econômico possível.

Também detalhamos exatamente quanto cada elemento do casamento geralmente custa para ajudá-lo a determinar quanto alocar para cada item e serviço. Depois de ter uma ideia de como dividir os fundos corretamente, você poderá evitar possíveis erros de orçamento.

Repartição do orçamento de casamento

Abaixo, descrevemos quanto do orçamento do seu casamento deve ser alocado para despesas específicas.

 

50%: Para o Local e custos de aluguel

A maior parte do orçamento do casamento irá para os itens caros, que cobrem o custo do aluguel do espaço do local, contratação de fornecedores para comida, bebida e aluguel, como mesas, cadeiras e talheres. Alguns casais também incluem o preço do bolo nesta fatia de 50% do orçamento.

Você também pode contratar um espaço para casamentos como o Sítio São Jorge que já oferece Salão para Cerimônia, Espaço para festa, serviço de buffet, decoração.

A infraestrutura é preparada para qualquer tipo e tamanho de evento contando com estacionamento, cozinha, wifi, etc. Tudo para proporcionar a sofisticação e o conforto que você e os seus convidados merecem neste grande dia!

12%: Fotografia e vídeo

Ao planejar o orçamento do casamento, reserve pelo menos 12% do seu orçamento para as imagens e vídeos do seu grande dia. Afinal, essas são lembranças de casamento que você guardará para sempre. Além de pagar pelos produtos, você precisará cobrir o custo do tempo dos fotógrafos e cinegrafistas.

9%: Traje, cabelo e maquiagem

Certifique-se de destinar pelo menos 9% de seu orçamento para seu traje. Claro, esse percentual também deve incluir o custo do aluguel do vestido e do smoking, além de sapatos e quaisquer acessórios, como joias ou abotoaduras. Você também deve economizar para os custo com cabelo e maquiagem.

8%: Decoração

Aloque 8% para a decoração de sua cerimônia e recepção. Isso inclui buquês, arranjos de flores, iluminação especial e decorações, mas como mencionado no ítem Local e Locação, este serviço já está incluso nos serviços que oferecemos aqui no Sítio São Jorge e pode ser um fator de economia no seu orçamento, além de contar com uma equipe experiente que vai cuidar de cada detalhe para tornar seu grande dia inesquecível.

7%: Entretenimento

Se você está pensando em contratar uma banda ao vivo ou DJ, o preço da contratação desses profissionais pode variar. Faça sua pesquisa com antecedência para saber exatamente quanto dinheiro você deve reservar para essa parte do casamento. Ao fazer cálculos, sugerimos destinar 7% do seu orçamento à música.

E não se preocupe em procurar um DJ a altura da sua comemoração, temos parceria com os melhores DJ’s da região, ou seja, locando um de nossos espaços, este serviço já está incluso em seu evento.

3%: Equipe de assessoria

Um cerimonialista faz toda a diferença quando se trata de planejar seu dia especial. Afinal, você pode ficar tranquilo, pois sua comemoração será tranquila quando você tiver um profissional cuidando de todos os detalhes. Economize 3% do seu orçamento total para cobrir os custos de um planejador de casamento.

2%: Papelaria 

O papel de carta do seu casamento é um detalhe muito importante do seu casamento. Pense só, seus cartões para marcar a data e convites formais são o primeiro vislumbre de seu casamento que seu convidado receberá. Este orçamento de papelaria também cobrirá sua programação de cerimônia, menus, cartões de agradecimento e muito mais.

2%: Alianças de casamento

Um de vocês pode já ter um anel de noivado brilhante no dedo, mas não se esqueça das alianças de casamento. Estes são os anéis que vocês usarão pelo resto de suas vidas, então economize cerca de 2% do seu orçamento para eles.

2%: Brindes para convidados

A última parte do detalhamento do orçamento do casamento inclui o custo de lembrancinhas e presentes para aqueles que tornaram seu dia ainda mais especial. Muitos casais gostam de oferecer aos convidados um presente de despedida para lembrar o casamento. É um pequeno gesto que irá percorrer um longo caminho.

Depois de ter uma compreensão geral de como alocar fundos no orçamento de um casamento, você estará preparado para avançar com o planejamento financeiro.

Abaixo, destacamos os cinco maiores erros de orçamento de casamento a serem evitados. 

1. Não determinar quem está pagando pelo quê

Sim, é estranho, mas a conversa tem que acontecer. Converse com suas famílias sobre quem vai pagar o quê: Algumas famílias de noivas ainda pagam a conta inteira (como é a “tradição”), mas é cada vez mais comum que as famílias dos noivos participem também.

Como você traz a conversa a mesa? Para muitos casais, conversar com cada família separadamente é a melhor maneira de ter discussões verdadeiramente abertas. Aqui estão as estratégias para determinar seu orçamento inicial.

Pergunte a seus dois pais se eles planejam contribuir com as despesas do casamento. Em caso afirmativo, faça com que eles se comprometam com uma quantia e, em seguida, some todas as contribuições para criar seu orçamento. Alternativamente, pode ser mais fácil pedir a cada casal de pais que financie um aspecto específico do casamento (como a cerimônia, lua de mel ou bufê) em vez de apenas se comprometer com uma quantia. Decida com quanto vocês dois podem contribuir até o casamento.

2. O orçamento geral

Se você está planejando um grande evento com uma lista de convidados grande e toda pompa que uma noiva já sonhou, seu orçamento certamente terá que ser maior do que se você planejasse uma cerimonia simples com uma pequena recepção em casa somente para amigos e familiares mais próximos.

3. O tamanho da lista de convidados

Há um custo per capita para comida e bebida, e esses dois são normalmente as maiores despesas de todo o casamento, portanto, alterar o tamanho da lista de convidados é a maneira mais certa de aumentar ou diminuir seus custos. Além disso, quanto menor for a lista de convidados, mais você economizará em todos os seus outros detalhes, incluindo decoração, papelaria e aluguéis, porque você não precisará de tanto de tudo.

4. A data e hora

As estações e os dias da semana muito procurados são mais caros por razões óbvias. Uma recepção à noite é geralmente mais cara do que um brunch ou uma recepção à tarde, não apenas por causa dos custos mais altos de alimentação para o jantar, mas também porque as pessoas tendem a beber menos durante o dia, e muitos casais optam por ser mais discretos em elementos como iluminação, música e decoração.

5. O estilo do casamento

Quanto mais formal for o casamento, mais caro, porque você terá que combinar o local, a comida e o entretenimento musical com o tom geral de luxo. O gasto para uma refeição completa de seis pratos é normalmente maior do que para um sarau com coquetéis, principalmente canapés; a taxa de uma banda de 12 integrantes é maior do que a de um DJ ou quarteto.

 

Você também pode gostar: